Ramon Kayo

Newsletter


Entusiasta dos pequenos negócios, mantém um pequeno negócio de desenvolvimento de sites e um espaço de coworking. Compartilha ideias de como ser mais criativo e produtivo.

Ramon Kayo

O que é o método Concierge e como funciona?

Entenda o que é um MVP do tipo Concierge, veja como ele funciona e conheça o exemplo real do Food On The Table

Ramon KayoRamon Kayo

O método concierge é uma técnica, um tipo de MVP, que consiste em fazer manualmente o que o seu produto faria automaticamente.

O Concierge serve para testar hipóteses do seu modelo de negócios sem correr grandes riscos. É possível, por exemplo, validar modelos de negócios que precisam de tecnologias caras sem gastar quase nada e sem desenvolver nenhuma linha de código.

Obviamente, o objetivo do Concierge não é servir como uma solução definitiva. A proposta não é que você faça a tarefa manualmente para sempre, na verdade, a ideia é que você automatize os processos conforme valida as hipóteses do seu negócio, de maneira continua e incremental.

Prós e Contras do Concierge:

Do ponto de vista conservador, o método Concierge pode ser encarado como ineficiente, uma vez que você vai trabalhar muito e ganhar pouco dinheiro. Mas na verdade ele é um método bastante eficiente para o que se propõe, que é aprender o máximo possível sobre o cliente e sobre o modelo de negócios, com o menor risco possível.

Prós

Contras

Exemplo: Serviço de Encontros

Vamos supor que você tenha tido a seguinte ideia de negócio: um seviço de encontros que monta pares perfeitos baseado nos interesses dos pretendentes.

Para isso você precisaria de um algoritmo que fosse capaz de analisar todos os dados dos usuários, arranjá-los e cruzá-los, baseando-se em indicadores heurísticos. Esse tipo de sistema custa caro e demora para ser implementado, o que cria um risco, porque custa caro e não há garantias de que há demanda por parte das pessoas.

Este é o típico caso onde um MVP do tipo Concierge é a melhor solução.

Num primeiro momento, você poderia disponibilizar um formulário online, onde cada pretendente pudesse preencher seus interesses e dados pessoais. Depois, com os dados em mãos, você mesmo poderia fazer a conferência dos pretendentes e separar os possíveis pares. Por fim, você poderia entrar em contato com os pretendentes para apresentar os resultados e propor os encontros. Dessa maneira, ao final do período de testes, você conseguiria decidir com mais segurança se o negócio é realmente viável e se vale a pena implementar um sistema que automatize o processo.

Repare que nesse exemplo você faria a função do sistema. A diferença é que você validaria as hipóteses fundamentais do seu negócio (e.g.: existem clientes? os clientes pagariam? é financeiramente interessante?) e entenderia melhor como o sistema deve funcionar, gastando pouco dinheiro.

Exemplo: Food on the Table

No livro “The Lean Startup”, Eric Ries conta a história de uma empresa de Austin chamada Food On The Table (FotT) que utilizou o Concierge como MVP.

A FotT é uma empresa que ajuda seus consumidores a criarem listas de compras, acharem receitas e conseguirem descontos nos ingredientes em seus supermercados favoritos.

Repare que essa proposta envolve uma grande quantidade de manipulação de dados e possivelmente um algoritmo para cruzar os ingredientes das listas com a seleção de receitas. Por isso, no começo, a empresa decidiu ir até um supermercado, procurar um early adopter e oferecer uma versão Concierge do serviço.

Quando encontraram uma senhora disposta a comprar o serviço, os fundadores, Manuel Rosso e Steve Sanderson, começaram a prestar um atendimento personalizado por U$10/semana. Eles mantinham as listas de compras e procuravam semanalmente por descontos nos supermercados em que sua cliente fazia compras. Fora isso, ainda buscavam por receitas que pudessem ser executadas com os ingredientes das listas. Ao final de cada semana, eles entregavam as listas de descontos, as listas de receitas, e conversavam com sua cliente para entender como podiam melhorar.

Hoje em dia, depois de muitas validações e lições aprendidas, a FotT realiza todo esse processo de forma automatizada e é uma empresa bem sucedida.

Entusiasta dos pequenos negócios, mantém um pequeno negócio de desenvolvimento de sites e um espaço de coworking. Compartilha ideias de como ser mais criativo e produtivo.